Reino Unido anuncia investimento em programas de pesquisa científica no Brasil por meio do Fundo Newton

Brasília, 15 de março de 2019

Com o intuito de fomentar ainda mais a parceria entre Brasil e Reino Unido no campo da ciência e inovação foi anunciado ontem à noite, em Brasília, o investimento de R$ 20 milhões em novos programas do Fundo Newton, que serão realizados até 2021. O anúncio foi feito pelo embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan, durante jantar oferecido a convidados participantes do Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

O jantar comemorativo, realizado na residência do embaixador britânico dentro do calendário do Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação 2018/19, contou com a presença da presidente da Confap, Maria Zaira Turchi, o presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, o novo presidente do CNPq, João Luiz Filgueiras de Azevedo, e outras autoridades de instituições científicas. Na ocasião, os convidados tiveram a oportunidade de estreitar relações e conhecer algumas modalidades de cooperação científica entre Brasil e Reino Unido, dentro de programas do Fundo Newton.

“Quero deixar registrado o profundo interesse do meu país de dar continuidade à excelente cooperação científica com o Confap e as FAPs de todo Brasil. O evento dessa noite é também uma parte importante do Ano Brasil Reino Unido de Ciência e Inovação, uma iniciativa conjunta dos nossos governos e que tem trazido excelentes oportunidades de colaborações com impacto não só para a comunidade científica e acadêmica mas para toda a sociedade”, disse o embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan.

O Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação 2018/19 visa promover oportunidades para os cientistas, empreendedores e empresas privadas de ambos países, além de incentivar novas parcerias. Desde o lançamento, em março de 2018, foram realizados por volta de 60 eventos e projetos sob sua marca, incluindo uma missão de inovação da EMBRAPII no Reino Unido, o “Prêmio Jovem Cientista” com o CNPq, que contou com patrocínio da Embaixada Britânica, a Conferência de Pesquisa de Inovação de Gás Sustentável na USP, e esta semana, o workshop internacional sobre Zika vírus, na Fiocruz de Recife.

Números da parceria Confap e Newton Fund

  • Desde 2014, o início do Newton Fund, foram lançadas 23 chamadas com a participação de 24 Fundações de Amparo à Pesquisa;
  • São 468 projetos aprovados, como chamadas de pesquisa básica em Doenças Negligenciadas e Transformações Urbanas, editais para o fomento de workshop científico, bolsas de pós-doutorado, entre outras iniciativas;
  • São um total de R$ 280 milhões em programas de cooperação científica e de inovação entre Brasil e Reino Unido;

Com o apoio do Fundo Newton, o Reino Unido é hoje o segundo maior parceiro do Brasil em termos de publicações científicas.