Blog

Voltar

A ciência que transforma e muda o mundo!

23.01.2019

O estudante Romário Barbosa foi o vencedor da competição digital ‘Apaixonados Por Ciência”, que a Embaixada do Reino Unido realizou em outubro de 2018. Ele foi premiado com uma viagem paga à Brasília para conhecer o vencedor do Prêmio Newton 2018.

Olá, amantes da ciência e da inovação!

Me chamo Romário Barbosa, tenho 24 anos, atualmente moro em Jaguaribe, no interior do Ceará. Sempre fui um aluno dedicado e sonhador, acredito que o sucesso, seja pessoal ou profissional, é fruto das oportunidades que agarramos junto ao nosso preparo. Durante o ensino médio (2009/2011), a melhor época da minha vida, fui líder de turma e me dediquei ao desenvolvimento de projetos socioambientais, expondo em feiras pelo Brasil a fora, motivo que me levou a ser um amante das políticas públicas educacionais e de ciência e tecnologia. Tive a oportunidade de conhecer vários estados brasileiros, participando de inúmeros eventos de ciências, tecnologia e inovação, sendo premiado em todos, de 1º a 3º lugar. Vale destacar que conquistei uma bolsa de Iniciação Cientifica Júnior do CNPq em uma competição científica na USP, ficando em 1º lugar na área de Ciências Biológicas – Ecologia, com um projeto de reaproveitamento do óleo de fritura usado para fabricação de produtos de limpeza (sabão, detergente, desinfetante, etc.). Além desses prêmios nacionais, ganhei reconhecimento internacional pelo Ministério da Educação do Peru e fui convidado para palestrar em Castelo Branco, Portugal, pela Associação Juvenil de Ciências – AJC, além de credenciais para apresentar meus projetos em Baku no Azerbaijão e Trujillo no Peru.

É importante destacar que o meu engajamento com as políticas de educação foi incentivado por Marta Luciana (in memoriam), uma de minhas professoras na Escola Estadual de Educação Profissional Poeta Sinó Pinheiro, instituição que sempre apoiou, junto com a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação – CREDE 11 e Governo do Estado do Ceará, o desenvolvimento de projetos de iniciação cientifica. Marta foi a pessoa que me instigou a ler, pesquisar e desenvolver ciência. Foi uma grande inspiração.

Hoje, sou graduado em Gestão Pública pela Universidade Estácio de Sá; graduando em Ciências Biológicas no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará – IFCE – Campus Jaguaribe; pós-graduando em Gestão de Políticas Públicas na Universidade Cândido Mendes; e aluno do aperfeiçoamento em Educação, Pobreza e Desigualdades Sociais pela Universidade Federal do Ceará. Sou ativista e líder estratégico municipal do Movimento Acredito, com foco na renovação política, no engajamento e na formação de jovens lideranças à política. Sou fundador do Laboratório de Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional (LABPÚBLICA) e do Núcleo de Incentivo à Pesquisa (NIPE). Estou Diretor de Assuntos Estudantis no Centro Acadêmico Prof. Dias da Rocha, na Licenciatura em Ciências Biológicas (IFCE – Campus Jaguaribe). Por causa das minhas contribuições para a educação no ensino médio, através da investigação científica, fui premiado por diversas organizações nacionais e internacionais, totalizando mais de 13 premiações honoríficas.

Atuando na gestão municipal de Jaguaribe (2017/2020), assessoro a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEDET), como Agente de Desenvolvimento Local, coordenando a Sala do Empreendedor Jaguaribano, fomentando políticas de empreendedorismo e atração de investimentos para geração de renda com foco na promoção e o desenvolvimento econômico-social sustentável da cidade, realizando um trabalho ético e compromissado com os Jaguaribanos.

Acredito que nossa sociedade só será justa quando for menos desigual, oferecendo igualdade de oportunidades e garantindo condições mínimas de dignidade a toda população.

 

Segue a entrevista que fizemos com ele:

O QUE TE LEVOU A QUERER PARTICIPAR DO APAIXONADOS POR CIÊNCIAS?

O principal motivo que me levou a participar do concurso foi de fato a paixão por ciências. Acredito que o objetivo principal da Embaixada do Reino Unido ao lançar o edital foi encontrar uma pessoa com visão de mundo ampla e voltada às inovações que o mundo moderno tem nos apresentado, sobretudo por meio das ciências. Esse objetivo foi de encontro com todos os meus sonhos e pretensões futuras. Além desse amor que nasceu no ensino médio, a possibilidade de trocar experiências com pessoas influentes e cientistas de renome internacional, bem como conhecer Brasília e experimentar uma cultura e um mundo de “transformações” diferente de tudo que já tinha vivenciado foram motivos que também influenciaram a tomada de decisão para gravar o vídeo e submeter.

COMO FOI SUA EXPERIÊNCIA EM BRASÍLIA, SUA VISÃO, SUAS IMPRESSÕES E QUAIS FORAM OS RESULTADOS POSITIVOS?

Sempre tive vontade de conhecer a capital oficial do Brasil, o local onde tudo acontece, onde as decisões e principais políticas públicas da nossa nação são pensadas, orçadas e colocadas em ação. Além da arquitetura singular, com obras incríveis do grande Oscar Niemeyer, a organização da cidade, limpeza das vias públicas e arborização das praças me fascinaram. A partir da visita guiada aos principais pontos da cidade, muitos contatos foram estabelecidos com profissionais do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, Ministério das Relações Exteriores, Secretaria de Educação do Distrito Federal, Embaixada do Reino Unido, Agência Espacial Brasileira, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Centro de Desenvolvimento Tecnológico da UnB, etc. Esses contatos foram de grande importância pois validaram a minha percepção acerca da necessidade que temos de investimentos mais específicos para as Ciências, tendo em vista que temos um grande capital humano de excelência.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA CIÊNCIA NA SUA VIDA E NA SOCIEDADE COMO UM TODO?

A Ciência exerce uma grande influência em nossa vida cotidiana a ponto de ser difícil imaginar como seria o mundo atual sem a sua contribuição ao longo do tempo. Ela tem sido a grande responsável pelas transformações tecnológicas que vivenciamos nas últimas décadas. Tudo o que temos, vemos e pegamos tem um pouco de ciência envolvida. Por isso a importância de incentivar, fomentar e investir em políticas públicas de ciência e inovação desde o ensino básico, de forma a estimular os jovens a se envolverem com esses assuntos e se tornarem parte desse processo de construção de um Brasil mais justo, igualitário e desenvolvido.

O QUE ESPERA DO FUTURO?

Como um verdadeiro apaixonado por Educação, Ciências, Tecnologia e Inovação, pretendo continuar contribuindo com a minha nação, por meio da academia e do serviço público. Aspiro ao Mestrado e Doutorado nas áreas da Educação e Desenvolvimento Global, com foco especial nas políticas públicas e como podemos potencializar nossa nação para se tornar referência nessas áreas. Além disso, contribuir para a ampliação da nossa política externa que diz respeito ao conjunto de objetivos políticos que o Brasil almeja alcançar nas suas relações com os demais países do mundo.

Categorias: Blog

ÚLTIMOS POSTS